terça-feira, 15 de outubro de 2013

Gregoriano

Na pré-adolescência/início de adolescência, os rapazes têm a mania de ser rebeldes, de fazer e querer fazer coisas que nunca fizeram e que, possivelmente, estariam sujeitas a reprovação. Uns experimentam fumar, outros viram-se para a pornografia, outros conseguem arranjar uma namorada e/ou perder a virgindade. Há quem passe a chegar a casa a altas horas da noite, há quem se lembre que um piercing e uma tatuagem são as coisas mais fixes do mundo. Filmes com mamas e sangue são o ideal, e comer batatas fritas a meio da manhã é brutal.

Hoje lembrei-me que, na minha pré-adolescência, comecei a ouvir covers de grandes êxitos da música em versão canto gregoriano... 

11 comentários:

  1. Lembro-me de ter feito o mesmo... não por rebeldia, mas por gostar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não o fiz por rebeldia. Apenas me apeteceu comparar-me aos gunas da altura :P

      Eliminar
  2. Nessa altura ouvia música romântica, mas daquela deprimente mesmo, para adormecer!! lol Claro que não era nada rebelde...era uma adolescente tão inocente! Felizmente cresci! =D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devias ouvir tipo o "Ken lee" da Mariah Carey, não?

      Eliminar
  3. Ufas, ainda bem que a mim só me deu para o desenho. Grande fama que ganhei na minha escola graças a isso :).
    Mas cantos gregorianos é muito à frente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que na escola não se sabia que eu ouvia isso, senão a minha fama seria fantástica. Se já havia quem me achasse alien, mesmo não sabendo...

      Eliminar
  4. Totalmente. A um passo da delinquência!

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Do que tu te foste lembrar!! Isso foi um sucesso, ainda dava a Roda dos Millhões!

      Eliminar

Aceitam-se pires de amendoins.