sexta-feira, 17 de julho de 2015

Pequeno diário 92

A forma como um trolha estereotipado reage quando passa uma gaja boa é a forma como eu reajo quando passa um cão fofinho.

13 comentários:

  1. O quê, tu mandas bocas obscenas a cães fofinhos?!?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim. Tipo: "és todo felpudo!!". E se passarem demasiado perto ainda levam uma palmada no rabo.

      Eliminar
  2. Estou a imaginar isto "Tens cá um pelo que o esfregava todo"

    ResponderEliminar
  3. Olha que ultimamente tenho andado desiludido com os trolhas. Já não é a primeira nem a segunda vez que me deparo com uma tipa de micro vestido a passar à frente de um grupo de trolhas, e os gajos nem aí. Fico revoltado com esta perda de valores da sociedade portuguesa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo. Não é que outro dia passei por umas obras e não havia um único rego peludo à vista?

      Eliminar
    2. Concordo com o Dexter, ainda ontem fiz um controlo de alcoolemia e 13 trabalhadores com valor 0,0, que meninos, só um com 0,43 g/l, esteve quase, estamos a perder valores é o que é.
      Regos infelizmente lá vejo um ou outro e é assustador, basta um para te marcar para um mês.

      Eliminar
    3. É o país que temos! Esta falta de valores entre a população trabalhadora...
      Eu ainda me lembro de há uns 8 anos estar no meu quarto, sem óculos (eu sou bastante míope) e conseguir ver um rego do outro lado da rua (que era da largura de duas ruas!). Evitei o pequeno almoço e precisei de uma dúzia de sessões de psicólogo MAS ao menos sabia que o mundo ia bem e dentro das regras...

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Contudo, é bastante mais provável que o alvo da tua atenção te dê trela...

    ;)

    ResponderEliminar

Aceitam-se pires de amendoins.