terça-feira, 7 de maio de 2013

A dúvida do ego

A questão que se me surge hoje é:
O facto de uma pessoa ter a foto dela própria como wallpaper do telemóvel dela própria é uma alternativa à tatuagem com o próprio nome no próprio braço, ou é um complemento?

31 comentários:

  1. São duas formas diferentes de ter a mania!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso já eu sei. Ou então de combater o alzheimer, numa, e para cair na realidade de que nunca será tão bonita(o) quanto aquela pessoa famosa da TV, noutra.

      Eliminar
    2. Qual pessoa bonita: a Teresa Guilherme ou O Manuel Luis Goucha?

      (as pessoas da tv não são mais bonitas do que as outras...:))

      Eliminar
    3. Estava mais virado para uma Beyoncé ou um Brad Pitt...

      Eliminar
    4. Ó Rui rigoroso: "aquela pessoa famosa da tv". Então o rigor?!

      A Beyoncé aparece na tv pq os "tolinhos" andam sempre atrás dela, mas o Brad é mais no cinema:)

      E mesmo assim podias ter dado melhores exemplos:p

      Eliminar
    5. ps: e ósdemais eu até pareço aquela dos filmes da disney:)

      Eliminar
    6. Brad é mais no cinema? Nota-se logo que nunca viste televisão aos fins-de-semana! O Tróia já deu umas 3500 vezes!

      Eliminar
  2. Epa, isso é uma optima questão... nunca tinha pensado nisso! (o que sugeres, em alternativa? :p)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sugiro que penses! Ahahaha!
      O mundo gira à volta de questões fulcrais como esta...

      Eliminar
  3. melhor melhor são aquelas que, no facebook, têm a cara delas na foto de perfil e igualmente na capa.

    ResponderEliminar
  4. apagaste o meu comentário, shame on you!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não apaguei comentário nenhum, Super Sónia... WTF?

      Eliminar
    2. Parece que sim. Terá motivos para tal? hmmmmm

      Eliminar
  5. bem no domingo gozei um amigo meu por causa do egocentrismo dele em ter a foto dele no tlm!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos temos um amigo ou amiga assim. Já vais com sorte de não ter a tatuagem. É que o wallpaper muda-se facilmente...

      Eliminar
  6. O meu Nokia é tão velho que nem opção de fotos tem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas se tivesse, haveria uma Nancy Wilde a olhar para ti de cada vez que o desbloqueasses?

      Eliminar
    2. Não mas haveria uma Nancy agarrada ao Zé Pedro dos Xutos, em brasa ;) Que tara!

      Eliminar
    3. Egocentrismo fora desse telemóvel!

      Eliminar
  7. No fundo devem ser as duas coisas... é uma alternativa para aqueles que não têm coragem de fazer a tatuagem e é um complemento para os restantes. Também pode ser indecisão em escolher outra imagem qualquer, mas isso é outra história.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hmmm...
      Entendo a primeira parte. Quanto à segunda, ó pá! Na dúvida, nunca colocar a minha fronha em parte alguma... digo eu...

      Eliminar
  8. Nao sejas assim. Nao é ego. Gosto de me ver no meu wallpaper

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que devemos ser as primeiras pessoas a amar a nós próprios... mas daí até ver a minha cara a toda a hora... Ao fim de um tempo ainda me pedia o divórcio!

      Eliminar
    2. Além disso eu disse apenas "ego" e não me referi ao tamanho do mesmo. Ego de eu e não ego de mania.

      Eliminar
  9. Então e quem tatua o nome, mas noutra língua? demonstra vontade de aprender novas línguas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é brutal!
      Tenho uma amiga que, só por acaso, é nativa no que toca ao árabe. Uma vez teve que dizer a um amigo que o nome que ele tinha no braço não era bem bem bem o nome dele...

      Eliminar
    2. Era o nome dele mas mal escrito/traduzido.

      Eliminar

Aceitam-se pires de amendoins.