segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Segredos públicos

Toda a gente tem os seus segredos. Pequenos ou grandes, todos os temos. São eles que, de certa forma, nos tornam realmente seres únicos e individuais. Enquanto tivermos aquela coisinha que mais ninguém sabe, estamos um passo à frente de toda a gente.
Mas também todos temos aqueles segredos obrigatórios, aquelas coisas que mantemos para nós ou para um grupo muito restrito de pessoas mas que, no fundo, até gostaríamos que meio mundo soubesse. Aquela coisa secreta de que, secretamente, temos um secreto orgulho. No entanto... é segredo...

Caros leitores, estejam à vontade para comunicar em anónimo e partilhar os vossos segredos públicos.

33 comentários:

  1. Sou bissexual desde que me lembro e talvez esse seja assim um dos segredos que mais revela de mim. Ainda em criança já gostava das outras meninas, mas também gostava dos meninos. Sempre me achei estranha e fora do normal. Afinal sou apenas bissexual. Apenas o meu marido sabe e um amigo homossexual também.

    E não preciso de escrever como anónima porque anónima para estes lados já eu sou! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo teu contributo, Sara Ambrósia. Mas, sem querer tornar isto uma conversa off-topic mas fazendo-o (e esperando não meter o nariz onde não sou chamado... mas fazendo-o), porque é que a tua sexualidade é um segredo para tanta gente?

      Eliminar
    2. Ora posso dar as mais variadas razões possíveis e até imaginarias.

      Em relação à família fui criada pelos meus avós de forma extremamente católica (o que contribuiu para eu me achar o pecado em pessoa até aos meus doze anos de idade). Felizmente depois com a historia e cultura das artes tive um pouco de teologia e a coisa ficou mais bem explicada, e por consequente virei ateia.

      Amigos do coração sem serem homossexuais, fazem de mim um exemplo a seguir, o raciocínio e a lógica em pessoa. (Ora escrevo amigos dos dezoito ao setenta e cinco anos de idade) E o facto de estar numa relação com um homem acerca de dez anos torna a coisa complicada de explicar e muitos porquês e comos surgem sempre ao de cima.

      Eu gosto de apalpar o terreno e ver como reagem à coisa mas o terreno é muito tosco e tem tendência a se tornar um solo pouco fértil. Como por exemplo quando expliquei a uma amiga de setenta anos o que era ser bissexual, ela achou convictamente que era pior que ser homossexual. Mas vá lá consegui com que ela aceita-se os homossexuais como seres criados pelos mesmo deus de todos, porque para ela deus só criava heterossexuais.

      Amigos colegas de trabalho, são totalmente contra homossexualidade e afins. São pessoas totalmente fechadas e com uma péssima argumentação, ou seja vem sempre com aquela história de Deus, Adão e Eva, filhos, procriar, continuação da espécie.

      Com isto sim guardo segredo, não sinto que seja por obrigação. Mas lá está também não sinto a obrigação e ou necessidade de gritar aos sete ventos que sou bissexual.

      Eliminar
    3. Vou tentar responder também por tópicos, para ver se não falha nada.

      Em relação à família, entendo. Mesmo para uma família menos católica e conservadora, a notícia deve ser complicada de se dar e aceitar. Daí eu ter perguntado porque era segredo para tanta gente, mas não para toda a gente.

      Entendo que seja complicado explicar mas, ao mesmo tempo, são amigos do coração. E a bissexualidade não é propriamente uma bicho... creio que facilmente se simplifica para os amigos.

      Com mais idade torna-se mais complicado. Além disso, tenho a noção (não sei se correcta mas...) de que as pessoas acham que um indivíduo bissexual casado tem que ser obrigatoriamente infiel...

      No caso de colegas fechados, entendo perfeitamente. São meios em que nem valerá a pena o esforço. E quando os argumentos que usam são divinos... ainda menos.

      Exactamente. Uma pessoa é o que é e não precisa de estar com um letreiro na testa!

      Obrigado pela tua partilha!

      Eliminar
  2. Acho que acabaste de tornar o teu segredo num não segredo. :)

    Eu cá não tenho segredos. Sou um livro aberto para quem merece saber a minha vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acredito. Alguma coisinha guardada para ti deves ter. Ou para ti e um grupinho restrito de pessoas, não?

      Eliminar
    2. Não considero segredos pois não são coisas que escondo mas que lá está, quem merece saber da minha vida, vai sabendo o que acontece comigo.
      Não sou nem do tipo que mete todo exposto no facebook ou blog mas também não sou do tipo que guarda tudo bem escondido.

      Eliminar
    3. Estou a entender o que queres dizer. Mesmo assim, se aparecer por aqui um comentário anónimo muito comprometedor, vou admitir que és tu!

      Eliminar
    4. Fuck, vou ficar cheio de segredo que nem eu os conheço! :)

      Eliminar
    5. A sério que estavas mesmo à pedir anonimato para me depois dizeres que fui eu? ahah

      Eliminar
  3. E se como anfitrião contasses também um teu?
    Deverias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser que entretanto apareça um segredo meu...

      Eliminar
  4. E depois há segredos de que não há orgulho possivel!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas esses aí estão bem apenas nos lugares mais profundos da memória de cada um...

      Eliminar
    2. Eu preferia que não estivesse bem em lado nenhum ;) mas sim, tens razão!

      Eliminar
    3. É verdade, mas não se pode negar o que vai acontecendo nas nossas vidas.

      Eliminar
  5. Tenho uma espécie de vida dupla.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponho que seja uma vida interessante, para ser motivo de orgulho. :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Nada disso. O Shiuuuu tem todo o tipo de segredos, aqui só peço aquele tipo de segredos que, secretamente, até gostavamos que toda a gente soubesse.

      Eliminar
  7. Guardei um segredo durante anos nos tempos de escola. Como me gozavam por gaguejar, nunca contei a ninguém que em casa havia violência doméstica, nem aos professores que me perguntavam muitas vezes se estava tudo bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Never,
      Agradeço a partilha. E compreendo... de facto na infância é complicado lidar com certas coisas. Especialmente coisas graves.

      No entanto, não desfazendo a importância da tua partilha, e segredos públicos? Segredos que gostavas que meio mundo soubesse?

      Eliminar
    2. Hum... ainda sei muitas músicas dos Backstreet Boys de cor LOL

      Eliminar
    3. Hmmmm... que... orgulho. Mas acho que tu o queres dessa maneira. ;)

      Eliminar
  8. Sim é verdade, todos nós temos os nossos pequenos segredos, mas precisamente por serem segredos é que não os vou contar.
    Muahhh (riso maléfico agora) xD
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso é que eu pedi anonimato aos leitores :P

      Eliminar
  9. Eu tenho o teu número de telefone! Vou começar a ligar-te de madrugada com respiração ofegante!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já há quem me ligue de madrugada mas não fala. Respiração ofegante sempre é uma evolução na conversa.

      Eliminar
  10. Apesar da minha foto de perfil, sou um ser-humano como todos vocês...

    ResponderEliminar

Aceitam-se pires de amendoins.