terça-feira, 20 de novembro de 2012

Trabalho duro

A semana que passou foi a primeira real semana de férias que tinha desde há mais de um ano. Na nocturna viagem de regresso à minha vida normal deparo-me com um pensamento: como é que há gente que consegue passar anos e anos sem ter um dia de férias?
Como é que se mantém a cabeça sã ao fim de tanto tempo sem descanso além de um ou dois dias por semana? Ou a cabeça não se mantém sã e o hábito é tão grande que nem se nota a falta de sanidade?

Não sei se é de admirar quem consegue fazer tal proeza (admirável ou não, não deixa de ser proeza)...
Sei que me soube a pouco mas estava mesmo a precisar.

10 comentários:

  1. "proexa"?! tinha que lhe avixar do xeu escrito xenhor:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradecido. Já está corrigido.
      Parece-me que só vens aqui corrigir a minha escrita... humpf!

      Eliminar
  2. Eu acho que chega a um ponto em que já nem sabes definir "sanidade"! Nem que sejam poucas, mas são necessárias sem dúvida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dos meus maiores medos é um dia não ter noção da sanidade que tenho/me falta...

      Eliminar
  3. Olá Rui. Acabei o curso comecei a trabalhar assim que acabei o curso, tive um ano a estagiar (logo, sem direito a férias) e agora consegui passar a contrato Eu adoro o meu trabalho, adoro o que faço e estou a 2 anos e 6 meses sem férias. Mas ainda tenho alguma sanidade mental. Acho eu?!?!? ou então nao, já não sei. ahah Não é ademiravel vá, mas considero-me uma mulher muito forte =D

    P.S.- Eu não tenho cão, senão eu também teria chegado primeiro que o meu cão. ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de uma pessoa tirar o curso entendo toda essa pica de querer trabalhar. Mas a longo prazo, até que ponto é que não ter férias é bom? Uma coisa é quem não pode ter... outra é quem pode mas não quer.
      Eu adoro o que faço, mas trabalho para viver, não vivo para trabalhar.

      E sim, aguentar tanto tempo sem férias é de foreça!

      (Sim, "foreça", para não ficares sozinha nas correcções da je suis...noir)

      Eliminar
  4. ademirável ? uuuuh sorry erro, ainda vem aí o je suis...noir emendar . eheh

    ResponderEliminar
  5. Há gente que passou anos seguidos de uma vida de trabalho de sol a sol sem saber sequer o que eram férias.
    Não defendo isso, de modo algum. Seria um retrocesso inconcebível.
    E aqui estou eu a demonstrar-te que gosto de ter ler :)

    PS: posso dar erros? É que 'errar é o mano' (lol)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostas de passar por aqui.
      Seria um retrocesso e um atentado ao que é ser humano. O trabalho é importante mas não é tudo, da mesma maneira que as férias não são tudo. É preciso equilíbrio.


      Essa do "errar é o mano" é daquelas piadas totalmente parvas que me fazem rir. O meu sentido de humor é estranho.

      Eliminar
  6. Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Crianças Envelhecem"

    http://criancasenvelhecem.blogspot.com.br/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Dinha.

    ResponderEliminar

Aceitam-se pires de amendoins.